UMA REVISTA ELETRÔNICA QUE FOCALIZA O GÊNERO WESTERN

26 de abril de 2011

TOP-TEN WESTERNS DE ARGEMIRO ANTUNES


Eu o chamo de “Miro Leone”, tal a sua admiração pelo extraordinário diretor italiano que foi o revitalizador e criador da nova estética do Western. Seu nome verdadeiro é Argemiro Antunes e ele mora em Santos, onde também residia Umberto ‘Hoppy’ Losso, um dos patronos deste blog. Assim como era Hoppy Losso, Miro é também talentoso desenhista e ilustrador. Os dois santistas se encontravam quase que diariamente, desde os tempos da Cinemateca de Santos (dirigida pelo também saudoso Maurice Legeard) e o assunto que Miro e Losso mais falavam era, claro, cinema, mais especificamente faroestes. Miro é profundo conhecedor da 7.ª Arte em geral e a amizade com Losso fez dele também um apreciador dos melhores westerns. E Miro listou seus Top-Ten, que são os seguintes:

1.º) “Era Uma Vez no Oeste” (C’Era Uma Volta Il West), 1968 – Sergio Leone

2.º) “O Homem que Matou o Facínora” (The Man Who Shot Liberty Valance), 1962 – John Ford

3.º) “Da Terra Nascem os Homens” (The Big Country), 1958 – William Wyler

4.º “Paixão dos Fortes” (My Darling Clementine), 1946 – John Ford

5.º) “No Tempo das Diligências” (Stagecoach), 1939 – John Ford

6.º) “Meu Ódio Será Sua Herança” (The Wild Bunch), 1969 – Sam Peckinpah

7.º) “Johnny Guitar”, 1954 – Nicholas Ray

8.º) “Pistoleiros do Entardecer” (Ride the High Country), 1962 – Sam Peckinpah

9.º) “Rastros de Ódio” (The Searchers), 1956 – John Ford

10.º) “Sua Última Façanha” (Lonely Are the Braves), 1962 – David Miller


2 comentários:

  1. Boa lista. Só não gosto de Sua Última Façanha e Johnny Guitar.
    Abração e apareça

    www.ofalcaomaltes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Grande Miro!!! E "Os imperdoáveis"? e "Três homens em conflito"?

    ResponderExcluir