UMA REVISTA ELETRÔNICA QUE FOCALIZA O GÊNERO WESTERN

26 de maio de 2016

O MAU HUMOR DE JOHN WAYNE E A INFELIZ VÍTIMA FOI DUB TAYLOR


Não são poucas as características que fizeram de John Wayne um dos mais marcantes astros de Hollywood e o principal entre os atores do gênero western. Ninguém empunhava uma Winchester como ele, seja para disparar certeiramente ou arrebentar a cabeça de algum fora-da-lei. Seu andar inimitável era outra dessas características particulares, assim como a rudeza tão perfeitamente expressa em tantos personagens inesquecíveis, entre eles e mais que todos, Ethan Edwards. O riso aberto e franco se transformando em sonora gargalhada era outra marca do Duke. Porém, mesmo em comédias, era comum John Wayne se irritar e derrubar copos ou garrafas de balcões de saloons, empurrar pessoas e até mesmo cavalos ou ainda sair chutando o que estivesse à sua frente. Em “Jamais Foram Vencidos” (The Undefeated), John Wayne se superou na irritação e a vítima foi o pobre Dub Taylor, o cozinheiro dos cowboys nesse western. Após a perda de 500 cavalos, Dub oferece comida ao Duke que dá um violento tapa no prato jogando o rango todo na cara do simpático coadjuvante. Pela reação de Dub Taylor e dos demais participantes da sequência (Ben Johnson, Jerry Gatlin e Harry Carey Jr.), fica a impressão que Wayne exagerou na força, para azar do cozinheiro. Assim era John Wayne, insuperável, algumas vezes, até mesmo no mau humor.

A sequência em que John Wayne esbraveja e mostra que ninguém
consegue ser mais mal humorado que ele.


Dub Taylor
Dub Taylor teve uma longa carreira no cinema, estreando na comédia clássica “Do Mundo Nada se Leva”, de Frank Capra, em 1938. A década seguinte Taylor passou quase toda ela como o engraçado ‘Cannonball’, sidekick de Durango Kid. Encerrada a fase das séries de westerns B, Dub Taylor podia ser visto como coadjuvante em inúmeros filmes, de westerns a comédias, passando pelos dramas. Dois filmes fizeram com que o nome de Dub Taylor passasse a ser mais conhecido: “Uma Rajada de Balas” (Bonnie and Clyde) e “Meu Ódio Será Sua Herança” (The Wild Bunch). No final de carreira Dub esteve nos elencos de “De Volta para o Futuro III” e “Maverick”, de 1994, mesmo ano em que Dub Taylor faleceu, quando estava com 87 anos de idade.

Um comentário: