UMA REVISTA ELETRÔNICA QUE FOCALIZA O GÊNERO WESTERN

5 de abril de 2013

A FERRADURA ACUSADORA (Laramie Mountains) – ESTERTORES DA SÉRIE ‘DURANGO KID’


Em 1952 Charles Starrett filmou os últimos seis dos mais de 60 filmes da série ‘Durango Kid’ para a Columbia. Todos esses seis pequenos faroestes foram rodados em sequência e lançados mensalmente naquele ano, quando os faroestes B agonizavam. Ray Nazarro foi o diretor desse lote de filmes que no estúdio receberam os títulos provisórios de ‘Durango Kid n.º 1’ e sucessivamente até ‘Durango Kid n.º 6’. Um burocrata da Columbia colocava os títulos nos filmes, muitas vezes aleatoriamente, e o espectador notava que os títulos quase sempre pouco tinham a ver com os enredos dos filmes. Foi assim com “Laramie Mountains”, que o titulador nacional preferiu chamar de “Ferradura Acusadora”, título muito mais atrativo e pertinente, ainda que indicativo de como a trama seria desvendada. Charles Starrett já havia completado 48 anos e estava, em 1952, mais para um veterano dos B-westerns. Mesmo assim Starrett era bem mais jovem que o grisalho William Boyd (Hopalong Cassidy) que continuava sendo um ídolo nacional, então com o advento da televisão.


Smiley e Ringeye; Jock Mahoney em 'Yancy
Derringer'; Smiley e seu cãozinho Ringeye.
O ator Jock Mahoney em ação - A garotada que frequentava as matinês e vibrava com a agilidade do Durango Kid desconhecia que, nos últimos anos da série não teria havido aquele acrobático Durango Kid sem a ajuda de Jock Mahoney, o dublê de Charles Starrett. Em quase 50 filmes Mahoney, cujo nome por vezes era grafado ‘Jack’, substituiu Starrett nas cenas mais perigosas e nas esperadas lições dadas com os punhos aos vilões. 16 dos filmes da série ‘Durango Kid’ tiveram Jock Mahoney como ator, ele que anos depois teria destacada carreira no cinema e na TV. Mahoney protagonizou duas séries westerns na televisão – “Range Rider” e “Yancy Derringer” – e foi Tarzan quando o cargo de Rei das Selvas ficou vago. “Ferradura Acusadora” foi um desses faroestes em que Jock Mahoney contracenou com Charles Starrett, inclusive em cenas de ação, tendo os dois até lutado um contra o outro. Smiley Burnette, sidekick de tantos mocinhos, é o responsável pela comicidade, desta vez um pouco mais engraçado que normalmente. Smiley é o sargento cozinheiro do Forte Tourney. Quem faz companhia a Smiley em “Ferradura Acusadora” é o cãozinho ‘Ringeye’, que assim como seu cavalo ‘Ringeye’, possui um círculo ao redor de um dos olhos. Smiley diz que o cachorrinho era filho de seu cavalo... Filho adotivo, explica o sidekick de Charles Starrett.

Jock Mahoney como índio em "Ferradura Acusadora" e dublando Charles Starrett.

Aquelas montanhas cheias de ouro... - O Major Markham (Fred F. Sears), comandante do Forte Tourney comanda também uma quadrilha que se faz passar por índios atacando soldados para provocar uma guerra. Quando isso acontecer e os índios forem dizimados, o Major e seu bando poderão se apossar do ouro que há nas minas situadas em território indígena, segredo conhecido apenas pelo Major Markham e seus homens. Não contavam os bandidos com a chegada de Steve Holden (Charles Starrett), Agente Governamental para Assuntos Indígenas. Holden percebe a trama e entra em ação como Durango Kid, tornando-se amigo do chefe índio Lone Tree (John War Eagle) e também de Swift Eagle (Jock Mahoney), um branco criado pelos índios. O bando do Major Markham é composto por Paul Drake (Rory Mallinson), Carson (Zon Murray), Cruller (Boyd ‘Red’ Morgan) e Mandel (Robert J. Wilke). Do lado do bem está o Tenente Pierce (Marshall Reed). Com Jock Mahoney lutando ao lado de Durango Kid não há bando que resista e a quadrilha de Markham é desbaratada, podendo os índios viverem em paz (pelo menos pelos poucos momentos em que Durango Kid ainda cavalgaria no cinema).

Acima Durango Kid; abaixo Rory Mallinson,
Robert J. Wilke e Zon Murray.
Fred F. Sears à frente das câmaras - Para quem se acostumou com a pobreza dos filmes da série ‘Durango Kid’, “Ferradura Acusadora” pode ser considerada uma produção até mais bem cuidada e satisfatória. Estranha a pequena participação de Robert J. Wilke, que em 1951 fez parte, com mais destaque, do elenco de “Matar ou Morrer”. Wilke aparece apenas em poucas cenas dentro de uma caverna não dando muito trabalho a Durango Kid. Quem assume a função de bandido desta vez é Fred F. Sears, ator que dirigiu muitos filmes da série ‘Durango Kid’. Fred F. Sears se tornou mais conhecido como diretor que como ator e entre os filmes que dirigiu estão alguns produzidos para lançar novos ritmos musicais. Sears dirigiu “Ao Balanço das Horas” e “Don’t Knock the Rock” (ambos com Bill Halley), "Cha-Cha-Cha Boom!” e “Na Onda do Calipso”. Fred F. Sears certamente ajudaria a lançar no cinema o twist, o hully-gully e outros ritmos, se não tivesse falecido, em 1958, aos 44 anos. Em “Ferradura Acusadora” não há nenhuma mocinha, mas lá estão os dois cavalos de Durango Kid: o magnífico corcel branco chamado ‘Raider’ e ‘Bullet’, que era castanho. Entre os testes de conhecimentos sobre os mocinhos feitos entre a garotada, um deles era perguntar os nomes dos cavalos de Durango Kid/Charles Starret...

Durango Kid e Raider.
Durango Kid só existe nos gibis e nos westerns B - Charles Starrett foi um dos mocinhos mais queridos dos westerns B e, após o término da série ‘Durango Kid’, Starrett abandonou o cinema deixando saudade nos seus muitos fãs. Uma pena que essa série tenha sido toda ela produzida pela Columbia e não pela Republic Pictures. Mesmo com toda a sovinice de Herbert J. Yates, o dono da Republic, os westerns desse estúdio estão entre os melhores das matinês. E nos últimos anos, quando praticamente todos os (super) heróis dos gibis foram levados ao cinema, os mocinhos da época de ouro dos faroestes continuam esquecidos. A exceção é a nova versão de “The Lone Ranger”, na qual Johnny Depp, entre seus ‘Piratas do Caribe’ interpreta ‘Tonto’, o companheiro do Cavaleiro Solitário. Durango Kid é um dos mais cinematográficos personagens dos faroestes B e sua dupla identidade como Steve ‘qualquer sobrenome’ poderia resultar numa história bem elaborada. E por que não, se até um Django negro foi inventado e levado ao cinema?

Jock Mahoney com Charles Starrett em "Ferradura Acusadora".
Foto-montagem para deixar a garotada com a pulga atrás da orelha,
acreditando que Charles Starrett e Durango Kid não fossem a mesma pessoa
.

2 comentários:

  1. Prezado Darci,

    Como comentei anteriormente, o primeiro western que assisti foi "Rápido no Gatilho" (Quick on the Trigger) com Charles Starrett (The Durango Kid).

    Os filmes com Durango Kid eram todos parecidos até os atores eram quase todos os mesmos, como também os diretores (Ray Nazarro, Fred Sears, Derwin Abrahams). Mas, o personagem e as cenas de perseguições pelos telhados e como Steve desaparecia e surgia o Durango eram divertidas.

    Jock Mahoney era praticamente o Durango Kid a partir de 1946. Charles Starrett comentou em uma entrevista "Eu somente entrava em cena para fazer os diálogos e Jocko fazia as demais cenas".

    Jock Mahoney confirmou a Jack Lewis, editor de "Gun World", que os produtores o chamaram para substituir Charles Starrett quando o contrato deste terminasse com a Columbia. Mahoney não aceitou porque havia assinado com Gene Autry para protagonizar a série de TV "The Range Rider".

    Smiley Burnette foi um excelente músico e como cômico "sidekick" era sem graça, só funcionava junto a Gene Autry.

    Mario Peixoto Alves

    ResponderExcluir
  2. Olá, Mário
    Sempre oportunos e esclarecedores os seus comentários, coisa de quem conhece muito do assunto. Penso como você quanto ao conjunto de filmes do mocinho Durango Kid. O maior fã de Durango Kid que eu conheci foi Cláudio Caltabiano, que inclusive se trajava como seu herói preferido. Cláudio era alto como Charles Starrett, mas ficava engraçado porque devia ter mais de 100 quilos de peso... Era chamado de Durangordo Kid. O Cláudio possuía quase todos os filmes da série e concordava que eles eram muito parecidos e pobres devido à economia que a Columbia impunha à produção da série.
    Um abraço do Darci

    ResponderExcluir