UMA REVISTA ELETRÔNICA QUE FOCALIZA O GÊNERO WESTERN

20 de dezembro de 2014

ENCONTRO SANGRENTO EM RANCHER TOWN - 1



"Encontro Sangrento em Rancher Town" (Bloody Sowdown in Rancher Town) é um western curta-metragem filmado em dezembro de 2014 na cidade de Piratininga, SP. O local das filmagens foi o rancho de André Antônio Bova, um verdadeiro apaixonado por tudo que se relacione ao western norte-americano. André recebeu seus amigos Beto Nista, Joaquim Gomes, Lázaro Narciso e Darci Fonseca para concretizar o antigo projeto que era produzir este (e futuramente outros) pequeno faroeste. Realizado com equipamentos amadores, o mais importante deste filme é a demonstração de amor a este gênero de filme através das muitas referências a faroestes clássicos. Este filme está disponível completo, sem interrupções e em Alta Definição (HD) no endereço abaixo (YouTube):

http://youtu.be/5Dhp1Jt0gqw


video


9 comentários:

  1. Parabéns Sr. Darci Fonseca e a todos participantes Nota 1000 !!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns a todos. Já está mais que provado, que um filme de poucos recursos, podem sim, com uma boa estória, virar um bom filme.
    Que venha outros.

    Júnior.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo Curta! Muito legal! Gostei do local, tanto do bar quanto do sítio! Em P&B acho que ficaria mais interessante ainda! Parabéns aos envolvidos!

    ResponderExcluir
  4. Jefferson, que excelente ideia você deu! Ninguém havia pensado nisso ainda. Vou sim, só por curiosidade fazer uma versão em P&B e postar no YouTube.
    Darci

    ResponderExcluir
  5. Show de bola de todos os envolvidos! Seu Gomes e seu Darci, no melhor estilo Peter Sellers, fazendo dois papéis estão sensacionais. E as mortes! Cada uma homenageando um estilo da história do faroeste: seu Darci e seu Gomes ao estilo Leone, o primeiro morrendo num lugar alto, só faltou a queda (na próxima faz um corte e joga um boneco Darci), e o segundo levando um close no olhos; seu Lázaro sendo atirado pra trás em câmera lenta ao estilo Peckinpah; e seu Beto, mais duro de matar que Bruce Willis, após levar vários tiros, ainda se levanta e leva o fatal a queima-roupa como John Russell em “O Cavaleiro Solitário” do Eastwood. Mas o melhor do filme é atmosfera que ele capta de amizade e o amor de todos os envolvidos ao nosso querido bang-bang. Parabéns a todos!
    Robson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Robson
      Obrigado pelos elogios. Quem é que não gosta? De fato, os mestres e seus filmes serviram de modelo a 'Encontro Sangrento em Rancher Town'. E o que não falta é amizade e amor ao western, como você bem disse.
      Abraço do Darci

      Excluir
  6. Darci, bom amigo, havia assistido somente o triler, do Encontro Sangrento em Rancher Town, quase 20 minutos de filme, ao abrir novamente, fiquei admirado, de como foi bem elaborado por vocês, muito criativo. Importante, que assisti ao lado do meu netinho de 10 anos, e ele acompanhou todas as cenas e, achou graça demais na cena em que as mulheres e as crianças se assustaram com os tiros, e aprontam a gritaria correndo, foi bem cômico, mesmo, né. Depois ele me perguntou, se vocês teriam as mesmas condições de transformar esse curta em um longa metragem, aí trocamos umas ideias sobre. Mas, eu além de ter gostado da filmagem, gostei do netinho, quem sabe um dia vir a ter um gosto pelos westerns, como nós amantes dos faroestes. Parabéns, belo trabalho amigo. Paulo, bom mineiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Paulo
      Esse filme foi feito em aproximadamente cinco horas. Houvesse mais tempo e teriam sido melhoradas algumas sequências. Será que 'Encontro Sangrento em Rancher Town' pode levar crianças a gostar de faroestes? Nenhum de nós havia pensado nisso ainda.
      Abraços do Darci ao avô Paulo e ao netinho.

      Excluir
    2. Darci, como você pensou em cima da pinta, é uma forma caseira de fazer esse público infantil e, quem sabe juvenil, gostar dos faroestes sim. Nesse dia que estávamos assistindo o filme, logo em seguida , alguns minutos depois, coloquei o filme, Da Terra Nascem os Homens, não é que ele gostou de algumas cenas, inclusive, a parte em que Gary Cooper, tenta domar o cavalo Trovão, e o animal, arranca o forro das rédeas, muito ensinado o citado cavalo. Esse Cavaleiro Solitário, com Johnny Depp, Zorro, 2013, foi um dos preferidos dele, tive comprar para ele, adorou. quer dizer, quem sabe né. A próxima produção, tenho certeza que ele vai querer assistir. Grande visão a sua viu Darci...abraços amigo.

      Excluir